sexta-feira, dezembro 31, 2010

Custo X beneficio X transportabilidade ,Será que vale a pena?



Há alguns anos surgiu no mercado um sistema que permite utilizar os toca-discos convencionais para manipular músicas de vários formatos digitais compactados, como MP3, WMA e outros, no computador. Ou seja, basicamente transforma o(s) toca-discos em “joysticks". Este sistema não recebeu um nome geral, cada empresa batizou seu produto. Para simplificar chamarei de interface e / ou sistema timecode.
A Stanton, um dos primeiros a disponibilizar uma interface / sistema de timecode denominou-a de FinalScratch. Hoje, existem vários outros, e alguns estão se tornando tão popular quanto o FinalScratch da Stanton, tais como, o Serato Scratch Live da Rane e Torq Conectiv da M-Audio.

Para quem não sabe com funciona um sistema de timecode, tecnicamente é “simples”. Em vinil e / ou CD, é gravado um sinal especial contendo algumas freqüências, que recebe o nome de timecode (código de tempo). Para os ouvidos humanos, o timecode soa simplesmente como um apito contínuo, mas este som é interpretado pelo software de mixagem para DJ, compatível com a tecnologia, e transformado em “comandos”, que atuam na música em uma fração do segundo após a manipulação do vinil ou CD de timecode.

Com isso, tudo que o DJ fizer neste vinil / CD, o software agirá quase que instantaneamente, apenas com um pequeno atraso, de menos de um segundo, mas leva a crer que tudo ocorre em tempo real (real time), como se tivesse realmente tocando uma música gravada no vinil / CD. Dependendo, em algumas configurações normalmente inadequadas, pode ser notado um pequeno atraso entre a manipulação e a execução do som.
Para se usar o vinil / CD com timecode, é necessário uma interface (equipamento) especial que é basicamente uma placa de som dedicada (desenvolvida para esta finalidade), que é conectada ao computador pela porta USB / Firewire, e aos toca-discos e mixer por cabo de áudio comum. O sistema de timecode permite tocar qualquer música no formato MP3 e até outros formatos, que estejam no computador, de qualquer gênero, ritmo ou estilo, como se estivesse em vinil, o que é muito bom para DJs de performance (apresentação) e para DJs que só tocam em vinil devido ao charme físico proporcionado pelo equipamento. Também é útil para DJs que colecionam vinis há muitos anos e querem usá-los junto com as novas tecnologias, músicas em formatos digitais compactados, sem abrir mão da forma física e sentimental de tocar, proporcionada pelos toca-discos convencionais.

Os sistemas de mixagem de timecode podem e são usados tanto profissionalmente quanto por hobbie. O FinalScratch é um dos mais caros e já está na sua 2ª versão, mais preciso, e sem as deficiências do primeiro FinalScratch.

Como muitos já sabem, os sistemas de timecode não são a única forma de se tocar músicas em formatos digitais compactados, como se estivessem no vinil. Já existem vários CD / MP3 players inclusive com pratos motorizados, que simulam a forma de tocar, os recursos e efeitos proporcionados pelos players de vinil convencionais (toca-discos / turntables). Dependendo da configuração, estes sistemas podem ser mais baratos e mais práticos que os sistemas timecode.
Mesmo sendo um sistema interessante e já ter modelos mais baratos, o sistema de timecode tem duas grandes desvantagens perante outros sistemas já existentes.

O sistema para a maioria é caro, principalmente se levado em conta que além do computador, mixer, toca-discos e da interface necessários, ainda tem despesas com desgaste dos equipamentos, da agulha, do próprio vinil de timecode e do potenciômetro do controle de velocidade (“pitch”), que dependendo da técnica e cuidados podem se desgastar rapidamente. Quem optar por usar um CD / MP3 player profissional para DJs, tem o desgaste do leitor óptico, que pode durar de dois a cinco anos dependendo do uso, cuidados, da marca e do modelo do aparelho e do próprio leitor óptico.
O pior quanto ao leitor óptico é que este componente, da maioria dos equipamentos, são difíceis de serem encontrados para compra e troca, e às vezes quando se encontra, são vendidos por preços exorbitantes. Além de ser ou se tornar caro, talvez o pior problema dos sistemas timecode para muitos profissionais, seja a transportabilidade de toda a tralha. Par se ter uma idéia do problema de transportabilidade, se um DJ que leva seu próprio sistema, quiser tocar seus vinis e usar também o sistema de timecode, ele terá que levar, nada mais nada menos que: duas toca-discos / CD players, mixer, laptop, sistema / interface timecode, e por fim o case (mala) de vinil. Isso se não levar também o case de CDs. Não podemos esquecer dos cases, malas especiais de transporte para os equipamentos, que também influenciam e muito no transporte, devido ao volume e peso. Os sistemas timecode, quanto a custo, praticidade e transportabilidade compensam apenas para uns poucos profissionais e / ou amadores (hobbistas). Minimizando o custo e peso, como alternativa para tocar MP3, poderia usar os CD / MP3 players profissionais para DJs que simulam o vinil e tocam tanto CD de áudio convencional quanto MP3, também como se estivesse no vinil. Se o DJ quiser usufruir da praticidade do laptop e não faz questão de prato giratório (motorizado), poderá por um custo menor e mais prático, usar um controle como os citados em controles para software profissionais de DJs. As indústrias de sistemas timecode apostaram na extrema praticidade e flexibilidade dos laptops e do áudio compactado. Porém, a tralha toda necessária para usar um sistema timecode e o alto custo geral, matam as principais vantagens do laptop.

Não que o laptop não seja viável. Muito pelo contrário.

É muito mais prático, versátil e se torna muito barato dependendo de como é usado. O problema está, como já disse, na tralha toda. Abaixo, poderá ver algumas alternativas que tornariam o sistema mais prático. Além das alternativas citadas, há hoje tecnologias que possibilitam criar controles, equipamentos para DJs consideravelmente mais inteligentes, práticos, precisos, eficientes, resistentes, leves, de melhor transportabilidade e para os tradicionalistas, manter os recursos de formas tradicionais de manipular a música como no vinil, somado a novas formas, proporcionadas pela evolução tecnológica.

Se não fosse a falta de estudo das necessidades técnicas das maiorias das especialidades dos DJs, a indústria investiria melhor em tecnologias mais eficientes, em uma relação amigável entre o modo tradicional e o moderno de tocar, a transportabilidade, praticidade, versatilidade e custo, o que é possível. Veja mais em sistemas timecode conceituais alternativos, sistema conceitual alternativo ao timecode, e controles conceituais. Muito provavelmente, quando a indústria lançar controles MIDI / USB como descrito acima e em controles conceituais, com pratos motorizados, para manter a forma tradicional de tocar, os sistemas que utilizam timecode virarão elefantes brancos. E isso não está longe, mesmo que seja na base da tentativa e erro, ou seguindo conceitos.

Serato ITCH with Numark NS7




Desenhado por Numark em colaboração com o Serato, NS7 representa o auge do DJ controle de desempenho. NS7 combines an all-metal chassis with adjustable torque, motorized, aluminum-turntable platters, vinyl, and a professional audio interface to deliver a complete performance solution that will satisfy even the most hardcore turntablist.

NS7 combina um chassi todo em metal, com torque ajustável, motorizadas, travessas de alumínio, plataforma giratória, vinil e uma interface de áudio profissional para oferecer uma solução completa de desempenho que irão satisfazer até os turntablist mais hardcore. A full complement of premium faders, knobs, buttons and our new Strip Search (patent pending) virtual-needle-drop control integrates seamlessly with the included Serato ITCH software. Um conjunto completo de prémio faders, botões e nosso novo Strip Search (patente pendente), o controle virtual da agulha suspensa se integra perfeitamente com o software incluído Serato Itch. NS7 delivers hands-on control of every aspect of Serato ITCH and sends data to the software more than ten times faster than standard MIDI resolution, resulting in a rock-solid hardware/software DJ system that works with Mac or PC and feels as good as it looks.

NS7 oferece as mãos no controle de cada aspecto da Serato Itch e envia dados para o software mais de dez vezes mais rápido do que a resolução padrão MIDI, resultando em um hardware sólido / software do sistema de DJ que trabalha com Mac ou PC e sente tão bom como parece. Serato ITCH is completely compatible with Serato Scratch LIVE crates, loops, and cue points, so the Scratch Live DJ can step up to NS7 without missing a beat. Serato Itch é totalmente compatível com caixas Serato Scratch LIVE, loops e pontos de sinalização, de modo que o Scratch Live DJ pode intensificar a NS7 sem perder uma batida. DEVELOPED IN PARTNERSHIP WITH SERATO Desenvolvido em parceria com SERATO NS7 was a collaborative development effort with Serato to develop the finest computer-DJ experience.

NS7 foi um esforço de desenvolvimento colaborativo com Serato para desenvolver melhor a experiência com o computador-DJ. It is a one-to-one hands-on control instrument for Serato ITCH. É um um-para-um hands-on instrumento de controle para Serato Itch. Because it was designed for ITCH, NS7 setup time is the bare minimum. Porque ele foi projetado para coceira, NS7 tempo de setup é o mínimo. No tweaking, no mapping; just plug and perform. Não ajustes, nenhum mapeamento, basta ligar e executar. PERFECT FEEL PERFEITO SENTIR Forget your experiences with other controllers. Esqueça as suas experiências com outros controladores. NS7 has two seven-inch, motorized, high-torque aluminum turntable platters. NS7 tem dois sete polegadas, motorizado, travessas de alumínio de alto torque giratório. The turntable controls feature modern and classic settings that alter the feel to model the feel you prefer.

Os controles da plataforma giratória recurso definições clássicas e modernas que alteram a sensação de sentir o modelo que você preferir. Seven-inch, legit vinyl records with 45RPM adapters sit on real slipmats. De sete polegadas, discos de vinil legit com adaptadores 45RPM sentar no Slipmats real. There's no simulation here – NS7 is the real deal. Não há simulação aqui - NS7 é o negócio real. Solid, rugged, rubberized buttons and knobs compliment a high precision, replaceable CP-PRO crossfader and D-TYPE line faders for an unquestionably high-quality feel. Sólido, robusto, botões e puxadores emborrachados um elogio de alta precisão, substituível CP-PRO faders e crossfader linha D-Type para um sentir, sem dúvida, de alta qualidade. We selected the CP-PRO digital-VCA crossfader because it is outstandingly durable with low wear for a long life. Nós selecionamos as CP-PRO crossfader digital VCA, porque é incrivelmente durável, com baixo desgaste de uma longa vida. It has a solid feel that is smooth and rigid. Ela tem uma sensação sólida que é lisa e rígida. It's only natural that our finest crossfader is a component of our finest controller.

É natural que nossos melhores crossfader é um componente do nosso melhor controlador. We selected high-performance, D-Type digital-VCA line faders for their rugged, long-life performance. Foram selecionados de alto desempenho, D-Type de linha digital-faders VCA para a sua acidentada desempenho ao longo da vida. Like the crossfader, the line faders are replaceable. Como o crossfader, a linha faders são substituíveis. The crossfader offers contour adjust and reverse adjustment, enabling you to customize its operation. O crossfader oferece contorno regular e reverter o ajuste, permitindo que você personalize o seu funcionamento. SYSTEM SIMPLICITY SISTEMA DE SIMPLICIDADE Forget the mouse. Esqueça o mouse. Forget the keyboard. Esqueça o teclado. NS7 renders ITCH software perfectly simple to operate, with its click knob and large, backlit buttons navigating though your music library. NS7 processa software ITCH perfeitamente simples de operar, com o seu botão de clique e grandes botões iluminados navegar embora sua biblioteca de música. You'll spend less time looking at the screen and more time enjoying performing thanks to the visual feedback you get from NS7's more-than 100 LEDs and more-than 100 hands-on controls. Você vai gastar menos tempo a olhar para a tela e mais tempo desfrutando graças à realização de feedback visual você começa a partir NS7 é mais do que 100 LEDs e mais do que cem mãos nos controles.

A single USB cable between NS7 and your Mac or PC is all you need to send audio and data back and forth. Um único cabo USB entre o NS7 eo seu Mac ou PC é tudo que você precisa para enviar áudio e dados e para trás. NS7 has onboard audio outputs so it's the only piece of gear you need to connect to the PA system or powered speakers. NS7 tem saídas de áudio onboard por isso é a única peça de engrenagem que você precisa para se conectar ao sistema de som ou alto-falantes. NS7 outputs 24-bit, 44.1 kHz digital audio to the sound system on XLRs and RCAs. NS7 saídas de 24 bits, 44,1 kHz de áudio digital para o sistema de som em XLR e RCA. The front panel contains mic input, RCA line input, and both 1/4" and 1/8” headphone outputs with volume control.

O painel frontal contém entrada de microfone, entrada de linha RCA, e ambos os 1 / 4 "e 1 / 8" saídas de fone de ouvido com controle de volume. NS7 comes with an integrated laptop stand that supplies safe, secure mounting for your laptop. NS7 vem com um carrinho do portátil integrada que fornece seguro, seguro de montagem para o seu computador portátil. You can use an ultra-small space because NS7 elevates your laptop off the table. Você pode usar um espaço ultra-pequeno, porque NS7 eleva o seu laptop na mesa. PRECISION CONTROL CONTROLE DE PRECISÃO NS7 sends control information over USB at more than ten times the standard MIDI rate. NS7 envia informações de controle através de USB em mais de dez vezes a taxa de MIDI padrão. This innovative communication technique yields extremely high-precision, low-latency control. Isso gera uma comunicação inovadora técnica extremamente alta precisão, controle de baixa latência.

There's nothing like dropping the needle on a record for quickly locating a point in the track. Não há nada como deixar cair a agulha em um disco para localizar rapidamente um ponto na faixa. We took that idea and developed our own modern take on it with Strip Search, the unique virtual-needle-drop touch strip. Nós pegamos essa idéia e desenvolvemos a nossa própria visão moderna sobre ela com Strip Search, a banda toque único virtual da agulha suspensa. You can locate a point instantly within the track using the on-screen waveform and Strip Search. Você pode localizar um ponto de imediato, dentro da faixa usando a forma de onda na tela e na Faixa de Pesquisa. Five hot-cue-assign buttons on each deck digitally mark your cues on the track. Cinco cue-quente atribuir botões em cada pavimento digitalmente marca de suas sugestões na pista. These marker points are recallable in ITCH and Scratch LIVE, and you can load Scratch LIVE cue points in ITCH. Estes pontos são revogáveis marcador em Itch e Scratch LIVE, e você pode carregar pontos de sinalização Scratch LIVE em ITCH.

We developed an extensive Serato-style loop section on each deck for creative remix capabilities. Desenvolvemos uma extensa seção loop Serato estilo em cada plataforma para capacidades remix criativo. You can choose between manual and auto-loop functions and an automatic BPM analyzer further assists loop makers. Você pode escolher entre manual e funções de auto-loop e um analisador automático de BPM também auxilia os decisores loop. Creating automatic smart loops of any measure length is a breeze, and you can mutilate and modify to heart's content with a variety of controls such as Doubling, Halving, Shift, and manual controls. Criação automática loops inteligente de qualquer medida de comprimento é uma brisa, e você pode mutilar e modificar o conteúdo do coração com uma variedade de controles, tais como a duplicação, para metade, Shift e controles manuais.

Multiple loop banks per deck make NS7 a great choice for scratch and club DJs alike. Vários bancos loop por deck NS7 fazer uma ótima escolha para DJs zero eo clube também. Beat matching is straight ahead with 100mm, smooth, stiff pitch sliders and plus and minus buttons, by popular request, for bending. correspondência Beat é sempre em frente com 100mm, lisa, sliders e botões pitch dura mais e menos, por solicitação popular, para dobrar. There's a zero-point LED, so it's easy to know when you're in the middle. Há um ponto-zero LED, por isso é fácil saber quando você está no meio. AUDIO QUALITY Qualidade Áudio We took extraordinary care in selecting the components of the audio signal chain.

Nós tomamos um cuidado extraordinário em selecionar os componentes da cadeia de sinal de áudio. NS7 contains a host of professional audio connectors and a multichannel, 24-bit USB digital-audio interface. NS7 contém uma série de conectores de áudio profissional e um multicanal, 24-bit de interface USB de áudio digital. The high-definition post-mix analog audio output features a minimized circuit path with containing only one audiophile-grade bipolar capacitor.

A alta definição analógica do mix pós-produção áudio apresenta um caminho circuito minimizado com que contêm apenas um nível audiófilo capacitor bipolar. This optimized design maximizes phase coherence, ensuring that audio is tight and punchy. Este projeto otimizado maximiza a coerência de fase, garantindo que o áudio está apertado e incisivo. PROFESSIONAL APPEARANCE Aparência profissional NS7's dual decks flank the mixer section. NS7 de decks dual flanco da seção do mixer. Its recognizable, professional appearance is supported by clean design in matte and glossy black. Sua aparência, reconhecido profissional é apoiada pelo design limpo em fosco e preto brilhante. The entire unit is housed in a heavy-gauge, industrial-strength metal casing that is ready for the torture of travel.

Toda a unidade está alojado em um calibre pesado, caixa de força industrial metal que está pronto para a tortura de viajar. SERATO ITCH SOFTWARE Software Serato Itch Serato ITCH is already familiar if you use Scratch LIVE. Serato Itch já está familiarizado, se você usar o Scratch LIVE. The new program builds on Scratch LIVE's popularity and adds some key, new features. O novo programa se baseia na popularidade Scratch LIVE e acrescenta algumas importantes novas funcionalidades. ITCH doesn't require a timecode interface, so the system can be as simple as, say, NS7 and your computer! ITCH não requer uma interface timecode, então o sistema pode ser tão simples como, digamos, NS7 e seu computador! Since ITCH makes timecode a thing of the past, you won't need to worry about needles skipping or vinyl wearing out. Desde ITCH faz timecode uma coisa do passado, você não precisa se preocupar com agulhas pular ou vinil desgaste. You can load your Scratch LIVE crates, loops, presets, and cue points seamlessly in ITCH. Você pode carregar o Scratch LIVE grades, loops, presets e pontos de sinalização perfeitamente no ITCH.

NS7 also works with most other MIDI DJ software and supports iTunes. NS7 também trabalha com a maioria dos outros softwares MIDI e suporta iTunes DJ. ITCH is a high-performance portable music system with internal mixing and platter-style playback control. Itch é um alto desempenho do sistema de som portátil com controle de reprodução interna de mistura e prato de estilo. Because it is designed specifically for use with hardware control, ITCH has a clean information display. Porque é projetado especificamente para uso com controle de hardware, coceira tem um ecrã de informação limpa. ITCH handles audio processing and mixing including channel fading, EQ, crossfading and track trim are processed for outstanding control and management of your tracks, ease of recording your set, clip-proof gain management, and BPM calculation using the power of your computer's processor.

ITCH manipula o processamento e mixagem de áudio incluindo um canal de desvanecimento, EQ, crossfading e controlar remates são processados para o controle de circulação e gestão das suas faixas, a facilidade de gravar seu conjunto, a prova de grampo-gestão, ganho e BPM cálculo usando o poder do processador do seu computador. Serato's unique color waveforms provide an easy identification of sound and changes in the track. cor única Serato ondas proporcionam uma fácil identificação do som e as mudanças na pista. ITCH can set and store cue-points. ITCH pode definir e armazenar pontos de sinalização. It offers three-range pitch control: ±8%, ±16%, and ±50% with Key Lock for manipulation of pitch and tempo independently. Ele oferece controle de passo três intervalo: ± 8%, ± 16% e ± 50%, com fechamento chave para a manipulação de pitch e tempo de forma independente. ITCH has library management tools for backup and restoring your music. ITCH tem ferramentas de gerenciamento de bibliotecas para backup e restauração de sua música. Advanced input and mix recording capabilities include recording your mix or just the aux input for sampling. Avançado de entrada e capacidades de gravação mix incluem gravação a mistura ou apenas a entrada aux para amostragem. The software supports AIFF, WAV, MP3, and AAC audio files. O software suporta AIFF, WAV, MP3, AAC e arquivos de áudio. The History function in ITCH keeps a comprehensive record of every track played and exports sessions from your history to 'txt', 'csv', or 'm3u'. A função de história em ITCH mantém um registro detalhado de cada música tocada e sessões de exportações de sua história em 'txt', 'csv', ou 'm3u'. ITCH also has a Loop Roll function that provides a looping effect where the playhead jumps back to normal time when you release the loop. ITCH também tem uma função Loop Roll, que proporciona um efeito de loop, onde a reprodução salta de volta ao tempo normal quando você soltar o laço. Built-in key support ensures that ITCH reads key tags from MP3 files and displays them in the 'key' column in your library.

O suporte integrado chave garante que lê etiquetas ITCH chave a partir de arquivos MP3 e as exibe na coluna 'chave' na sua biblioteca. Serato™ is a trademark of Serato Audio Research. Serato ™ é uma marca registada da Serato Audio Research. iTunes is a trademark of Apple Inc., registered in the US and other countries. iTunes é uma marca comercial da Apple Inc., registradas nos os EUA e outros países. Computer not included. Computador não incluso.

quinta-feira, dezembro 23, 2010

MEC irá distribuir "Kit Gay" para crianças nas escolas

O kit gay conterá um DVD com uma história onde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, ele se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade, se dizendo Bianca. Veja vídeo e matéria completa a respeito deste tema, no mínimo estranho, polêmico.
O deputado Jair Bolsonaro (RJ) reage de forma veemente, em plenário, a essa vergonha que foi firmada em um convênio entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos), conforme publicou o Correio Braziliense.



REPORTAGEM DO CORREIO BRAZILIENSE

Kit Gay para alunos conterá um DVD com uma história aonde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade

Ele ainda nem foi lançado oficialmente. Mas um conjunto de material didático destinado a combater a homofobia nas escolas públicas promete longa polêmica. Um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu kit de material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.

Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida ontem em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado Encontrando Bianca, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.

O jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, afirma que o ministério teve dificuldades para decidir sobre manter ou tirar o beijo gay do filme. “Nós ficamos três meses discutindo um beijo lésbico na boca, até onde entrava a língua. Acabamos cortando o beijo”, afirmou o secretário durante a audiência.

O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de as peças serem distribuídas em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial. A proposta, considerada inovadora, de levar às escolas públicas um recorte do universo homossexual jovem para iniciar dentro da rede de ensino debate sobre a homofobia esbarrou no discurso conservador dos dois principais candidatos à Presidência.

O secretário do MEC reconheceu a dificuldade de convencer as escolas a discutirem o tema e afirmou que o material é apenas complementar. “A gente já conseguiu impedir a discriminação em material didático, não conseguimos ainda que o material tivesse informações sobre o assunto. Tem um grau de tensão. Seria ilusório dizer que o MEC vai aceitar tudo. Não adianta produzir um material que é avançado para nós e a escola guardar.”

Apesar de a abordagem sobre o adolescente homossexual estar longe de ser consenso, o combate à homofobia é uma bandeira que o ministério e as secretarias estaduais de educação tentam encampar. Pesquisa realizada pelas ONGs Reprolatina e Pathfinder percorreram escolas de 11 capitais brasileiras para identificar o comportamento de alunos, professores e gestores em relação a jovens homossexuais. Escolas de Manaus, de Porto Velho, de Goiânia, de Cuiabá, do Rio, de São Paulo, de Natal, de Curitiba, de Porto Alegre, de Belo Horizonte e de Recife receberam os pesquisadores que fizeram 1.406 entrevistas.

O estudo mostrou quadro de tristeza, depressão, baixo rendimento escolar, evasão e suicídio entre os alunos gays, da 6ª à 9ª séries, vítimas de preconceito. “A pesquisa indica que, em diferente níveis, a homofobia é uma realidade entendida como normal. A menina negra é apontada como a representação mais vulnerável, mas nenhuma menina negra apanha do pai porque é pobre e negra”, compara Carlos Laudari, diretor da Pathfinder do Brasil.

Com informações Leonardoconcon.net / Correio Braziliense

Fonte: O Galileo

CURSO EM VIDEO AULA BATTERY 3


BATTERY 3 é uma robusta ferramenta na composição musical. Gerenciando de forma inteligente timbres sampleados de bateria que vão dos clássicos acústicos até os mais novos sons de percussão disponíveis no mercado.
Compatível com o formato VST e RTAS entre outros BATTERY se encaixará perfeitamente ao seu estúdio independente da configuração usada. Com resolução interna de 32-bit, 128 níveis de intenção por instrumento e tocando amostras em qualquer pitch BATTERY traz precisão, qualidade e flexibilidade.
Com um poderoso mecanismo e um hospedeiro de vários formatos de som, ele traz uma bateria firme e forte, enquanto sua interface amigável garante acesso instantâneo e controle completo.


Pois é chegou a sua vez de sair por aí sampleando por aí de maneira profissional usando este fantastico programa , BATTERY 3. O cd que contém as vídeo aulas traz tambem o programa completo ( battery 3) ,e alguns kit´s de pontos para voce usar e abusar em suas produçoes ... é assistir as vídeo aulas , instalar o programa e começar a brincadeira ...muito bom , para nao falar excelente o programa , battery resumindo em poucas palavras , é sua MPC virtual .

Quer adquirir o curso battery 3 ? é fácil : só mandar um email para :djkituty@hotmail.com, para saber mais informaçoes .

terça-feira, dezembro 21, 2010

LULA NEGA PROFISSÃO A DJ´S ...

Paz e graça moçada , tudo bem ?
LEIA ESSA MATÉRIA MOÇADA ...
o LULA realmente está de parabéns ...

Na semana passada foi reprovado o projeto de regulamentação da profissão DJ pelo presidente Lula, uma vez que a proposta já havia sido aprovada em várias etapas e necessitava da assinatura do presidente para virar lei.

“A Constituição Federal, em seu art. 5o, inciso XIII, assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, cabendo a imposição de restrições apenas quando houver a possibilidade de ocorrer algum dano à sociedade.” Esta é a justificativa do veto, algo que todos sabemos, mas que não contempla todos os pontos discutidos e muito menos os anceios dos maiores interessados na história: os DJs.



Nem bem a notícia foi veiculada e já surgiam opiniões subjetivas e completamente desinformadas, tanto sobre o projeto como sobre o Sindecs (Sindicato dos DJs e Profissionais de Cabine de som do Estado de São Paulo). Em blogs e Fóruns as manifestações não favoráveis à lei eram grande maioria, sendo os seguintes argumentos os preferidos: “DJ não precisa de diploma para tocar, sindicatos querem apenas explorar o trabalhador e a profissão ficará engessada e cheia de burocracias.”

Isso sem contar as diversas manifestações contra a classe como um todo, que apesar de toda a história, importância e reconhecimento, ainda é vista por grande parte da sociedade como uma escapatória para aqueles que querem trabalhar pouco, sem muito conhecimento e ganhando bem. Vida fácil e por isso tão crescente entre celebridades. Ou não?

Dito isso podemos extrair as principais questões: Quais eram as propostas, por quem elas foram criadas e qual a importância delas para a profissão dos DJs? Como elas poderiam ajudar a amparar legalmente o DJ residente de um club há anos? E como elas poderiam valorizar ofício como uma profissão de fato?

Temos nossas próprias idéias e argumentos sobre o tema, como pode ser lido aqui e aqui. Não fazemos parte do sindicato mas apoiamos a causa e, inclusive, contribuímos para disseminar informações corretas e não boatos ou “achismos”. Quase tudo o que eu li nada tinha a ver com as idéias do sindicato e foi escrito por pessoas que antes de ler, querem escrever e opinar. Quantos DJs sabiam do projeto de lei? Quantos sabem de fato o que quer o sindicato?

Para responder à todas as perguntas, convidamos Tibor Yuzo, grande profissional da indústria musical e vice-presidente do Sindecs. Tibor sempre foi transparente em relação às propostas do Sindecs, mas encontrou bastante resistência e dificuldade no momento de difundir informação para toda a classe DJ. Para que possamos ler comentários coerentes neste post e assim acrescentar (e não apenas criticar) ao debate, considero essencial a leitura da entrevista com ele.

O QUE É O SINDECS E POR QUÊ ACREDITAR NELE?

O Sindecs é uma entidade fundada com nome de sindicato mas com as características de uma associação de classe.

O Estatuto da entidade assim o define:

“Associação civil, com prazo de duração indeterminado e constituído para fins de estudo, coordenação, defesa e representação legal dos DJ`s, Produtores DJ’s e Profissionais de Cabine de Som, com base territorial no Estado de São Paulo, legalmente reconhecido na forma da Constituição vigente.”

Eu acredito no Sindecs assim como eu acreditaria em qualquer Associação cujo objetivo fosse o de aglutinar os profissionais da área para buscar benefícios para a categoria DJ.

Entendo que a palavra sindicato carrega consigo o esteriótipo de uma instituição mafiosa e de objetivos nem sempre claros. Mas olhando de perto percebi que isto é uma visão descabida.

A categoria DJ não tem força pra aglutinar tanta gente a ponto de transformar o sindicato dos DJ’s numa entidade com a força política necessária para que ela se transforme em instrumento de manobra e barganha política.


É muita pretensão alguém acreditar nisso.



COMO O SINDICATO PODE AJUDAR O DJ?


São diversos os benefícios que uma entidade de classe pode proporcionar.

Reinvidicar junto ao ministério público mudanças necessárias a fim de proteger os interesses da categoria e auxiliar o trabalhador em questões jurídicas e de aprimoramento profissional são alguns destes benefícios.

Tudo depende do que a maioria escolher e votar nas assembléias.

O processo é participativo, a exemplo de tudo o que acontece num sistema democrático.

Se tivéssemos mais participação dos profissionais da categoria talvez o texto apresentado ao Senado e Câmara fosse outro e causasse menos rejeição pública.

Os primeiros passos foram no sentido de buscar o reconhecimento da atividade como profissão.
A partir do reconhecimento da profissão tínhamos a idéia de buscar apoio junto aos programas que o governo possui, a exemplo do FAT e também vantagens para os profissionais junto a empresas do setor privado como seguro saúde, educação, financiamento, turismo, línguas etc.

O mais importante é tomarmos a consciência de que vivemos numa Democracia.

E a instituição sindical, tem por força da lei, uma estrutura democrática.

Mas Democracia não é só criticar, isso é liberdade de expressão.

Democracia consciente é ajudar a tomar decisões.

E isto requer participação, não é simples e nem fácil como apenas emitir opiniões.

QUEM VAI DECIDIR QUEM PODE SER DJ OU NÃO?

Ninguém tem este poder de decidir quem vai tocar ou não.

A idéia de o profissional ter DRT para exercer a atividade de DJ pareceu sensata entre os presentes quando da redação da proposta de regulamentação da atividade.

O objetivo era exatamente proporcionar um pouco mais de proteção de mercado para quem já exerce a atividade e obrigar novos aspirantes a DJ a receberem informação e educação técnica, cultural e musical, aumentando assim o nível de capacitação do profissional brasileiro.

A exemplo de outras profissões já regulamentadas no passado, um período de adaptação (de 1 a 2 anos) existiria para que todos que já exercem a atividade pudessem obter suas DRT’s nas Delegacias Regionais do Trabalho, sem taxas para sindicato e nem a necessidade de frequentar cursos.

Pode parecer estranho a necessidade de uma licença para tocar como DJ, mas a maioria presente acreditou que isto pudesse ser visto com bons olhos a longo prazo.

Para o DJ, um dispositivo de proteção e respeito pelo tempo investido na carreira.

Para o contratante, um certificado e identificação do prestador de serviços junto ao Ministério do Trabalho.

POR QUÊ O SINDICATO NÃO COMUNICAVA SUAS AÇÕES?

Hoje o sindicato funciona através da colaboração voluntária. Colocamos do próprio bolso e por isso talvez não tenhamos a agilidade necessária para atender e comunicar a categoria profissional na velocidade e na grandeza necessária.

Já procuramos jornalistas da categoria com o intuito de divulgar este trabalho, debater com a categoria os seus interesses e abrir publicamente que o Sindicato não pertence a uma pessoa especificamente mas sim a todos que quiserem comparecer e contribuir com idéias, sugestões e principalmente com ações, tendo em vista a ausência de recursos financeiros.

Conseguimos o apoio de alguns sites, veículos e profissionais. Mas o interesse no assunto não foi unânime. Navegando na internet percebemos quem são os que apoiam a iniciativa e os que parecem empurrar o assunto com a barriga.

A impressão é a de que alguns jornalistas que atuam no segmento DJ defendem interesses de outra classe que não a dos verdadeiros trabalhadores.

O SINDICATO PRECISA DE DINHEIRO?

O Sindicato, assim como qualquer instituição, seja ela comercial ou não, precisa de recursos para manter a sua estrutura administrativa ou seja:

1 – Infra estrutura (sala comercial, casa, computadores, telefones, etc)

2 – Serviço de atendimento (telefônico e auxiliar administrativo)

3 – Serviços jurídicos (apoio ao associado)

4 – Despesas de consumo (telefone, água, luz, internet)

5 – Despesas administrativas (site de internet, correios, cartório, contador, publicações DOU)

Minha estimativa é de que esta despesa gire hoje em torno de 6 a 8 mil reais.

Desde que entrei no Sindecs, em 2009, tivemos R$ 0,00 (zero) reais de entrada.

DE ONDE DEVE VIR O DINHEIRO DO SINDICATO?

As fontes de renda dos Sindicatos dos DJ’s devem ser:

1 – Filiação voluntária (hoje o Sindecs tem zero associados contribuintes)

2 – Contribuição sindical (esta é obrigatória e equivale a 1 dia de salário do ano de quem tem carteira assinada).

Com relação a contribuição sindical obrigatória observe que esta só vale para quem tem carteira de trabalho assinada e registrada como DJ (quando houver o reconhecimento da atividade como profissão).

Se fizermos uma simulação de 1.000 profissionais no Estado que tenham carteira assinada (um número alto), com salário médio de R$1.500,00, o Sindecs receberá menos de R$ 30.000,00 por ano, deduzidos os descontos.

Isto é bem menos do que o necessário para arcar com as despesas administrativas. Ajuda de custo para quem trabalha no sindicato então…

É um trabalho de doação mesmo. Pessoal e profissional. Infelizmente muita gente acredita que não é bem assim.

O DJ TERIA QUE PAGAR MAIS TAXAS COM A REGULAMENTAÇÃO?

Não existe nenhum tipo de “taxa” a ser imposta aos profissionais da categoria após a regulamentação da profissão. Esta é mais uma inverdade que dizem a respeito da entidade. Entenda como:

1 – A contribuição sindical obrigatória só vale para quem tem carteira de trabalho assinada e registrada como DJ e equivale a um dia de salário por ano. Quem tem carteira assinada hoje provavelmente já está sendo descontado deste valor, que está indo para algum outro sindicato, sem ganhar nenhum benefício por isto.

2 – A regulamentação da profissão NÃO OBRIGARÁ NINGUÉM a ter carteira assinada. Quem atua como autônomo continuará agindo da mesma maneira, sem nenhuma intervenção do Sindicato. Mesmo porque este direito está assegurado ao trabalhador pela constituição.

3 – Não existe nada que obrigue a associação do profissional ao Sindicato, ele vai se filiar se achar a luta válida.

O contratante ou dono de casa noturna por sua vez também não recolherá nenhuma taxa ou imposto adicional. O objetivo é proporcionar, para quem tem carteira assinada, o registro com a devida designação profissional e buscar, através da representatividade da categoria, benefícios em programas federais de apoio ao trabalhador e vantagens junto a empresas privadas.

O SINDICATO NÃO SERIA ALGO PARECIDO COM A OMB (Ordem dos Músicos do Brasil)?De maneira alguma. Quem é músico sabe como é a OMB.

No caso dos DJ’s a filiação ao sindicato é voluntária. Pela proposta do sindicato, uma vez que o DJ tenha a DRT ele pode exercer livremente a profissão, sem a necessidade de ser filiado ao sindicato.

Nossa proposta é oferecer benefícios reais que estimulem o profissional a contribuir com o sindicato.

Alguns exemplos são: cursos de capacitação e especialização, workshops, eventos de intercâmbio, assessoria jurídica, dicas de mercado de trabalho, classificados, parceria com empresas prestadoras de serviços e produtos com desconto para associados e tudo o que conseguirmos de benefícios, a exemplo dos clubes de desconto existentes hoje em dia.

O sindicato não veio com a intenção de obter o poder por decreto mas sim por legitimidade ou seja: acreditamos que um trabalho transparente e com foco nos interesses da categoria é que darão força para esta entidade de classe.

SOBRE O VETO – EXISTE ALGO QUE POSSAMOS FAZER?

Hoje o SINDECS está fazendo um abaixo assinado que pretendemos enviar juntamente com um recurso judicial, com o objetivo de reverter a situação hoje imposta pelo veto presidencial. E é ai que precisamos da ajuda de quem acredita na proposta e gostaria que DJ fosse uma profissão reconhecida.

Por favor acesse o site sindecs.org.br e assine. ATENÇÃO. Não precisa ser DJ para assinar.

Não paga nada, não dói e não custa ajudar. Você só precisa inserir os dados até a página a seguir: (CLIQUE AQUI)

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Curso em vídeo aula cakewalk sonar

Você que é produtor,músico,amante da música , tem um home stúddio, ou mesmo curioso, precisa assistir a essas excelentes vídeo aulas sobre o cakewalk sonar , um consolidado software para gravação e produção musical,um dos melhores , senão o melhor ... descubra neste excelente curso algumas excepcionais ferramentas que o programa dispõe ... e claro, como ultilizá-las de maneira correta .



Para adquirir este excelente curso em vídeo aulas , totalmente em português , só entrar em contato para maiores informações : DjKituty@hotmail.com

Abaixo imagens do cakwalk sonar :



terça-feira, dezembro 14, 2010

REVELADO O SEGREDO , APRENDA A PRODUZIR REMIXES ...

KIT- PRODUÇÃO NO FRUITY LOOPS STUDIO 9 EM VIDEO AULAS

PARA QUEM AINDA NãO CONHECE NADA DE PRODUÇÃO MUSICAL OU PARA QUEM JA ESTA NO MEDIO OU AVAÇADO E QUER APRENDER AINDA MAIS , APRESENTO O KIT DE PRODUÇÃO NO FRUITY LOOPS STUDIO 9 EM VIDEO AULAS ATUALIZADA, FEITAS PELOS MELHORES PRODUTORES DO BRASIL E DO MUNDO, TUDO ISSO REUNIDO EM 3 DVDS.



REUNIMOS MAIS DE 30 VIDEO AULAS, ENSINANDO O BÁSICO AO MAIS AVANÇADO!!

VOCÊ RECEBERá OS DVDS EM SUA CASA, VIA CORREIOS, SÃO 3 DVDS

COMO BRINDE SERÁ ENVIADOS TODOS OS PROGRAMAS, PLUGINS VST´S E OS LOOPS E SAMPLES PARA PRODUZIR.

COMPRE E PAGUE DE FORMA SIMPLES, PAGAMENTO POR DEPÓSITO BANCÁRIO

Video aulas sobre: Acapella, Bpm, Baixo,Notas, Loops, Plugins e Efeitos...

APRENDA A FAZER ACAPELLAS COM QUALIDADE PARA SEUS REMIXES USANDO O ADOBE AUDITION, TIRANDO ATE 80% DOS INSTRUMENTOS E DEIXANDO O VOCAL LIMPO.




VOCÊ AINDA GANHA ALGUNS BRINDES COMO:

UM CURSO COMPLETO DO VIRTUAL DJ, O MELHOR SOFTWARE PARA TOCAR EM FESTAS.






VIDEO AULAS SOBRE: EQUIPAMENTOS PARA DJ.





TODOS OS PROGRAMAS, PLUGINS VST´S, LOOPS E SAMPLES, PACK MIDIS PARA PRODUZIR.DVD RECHEIADO DE REMIXES GOSPEL (EXCLUSIVAMENTE PARA DJS GOSPEL OU DJS QUE PRETENDEM ABANDONAR O MEIO SECULAR) PARA VOCÊ AGITAR NOS SEUS EVENTOSINCLUINDO OS LANÇAMENTOS DE 2010 TODAS SEM VINHETAS.

VARIOS ESTILOS COMO:

((HOUSE))

((ELETRO))

((DANCE MIX))

((TRIBAL))

((TRANCE))

(((PSY)))

((REGGAETON))

(( HIP HOP))

((FUNK))

(REMIX)

(MELODY)


ATENÇÃO! QUERO DEIXAR CLARO QUE O DVD COM OS MP3S GOSPEL NÃO É VENDIDO!ENVIAREI COMO BRINDE, NELE COM CERTEZA TEM PRODUÇÕES DE OUTROS DJS PRODUTORES.


(SEI QUE TEM PESSOAS QUE POSSUEM NET RUIM E NãO CONHECE OS SITES ONDE POSSA BAIXAR PRODUÇÕES DE QUALIDADE, TEM PESSOAS POR AI QUERENDO FAZER A OBRA, MAS PARAM POR FALTA DE AUDIO, QUE SEJA USADO PARA O BEM, VEJA ISSO COMO UM PRESENTE!).NÃO ADIANTA VOCÊ FICAR QUEBRANDO SUA CABEÇA COM PROGRAMAS DE MONTAGEM DE LOOPS E SAMPLES, PEGANDO BATIDAS DE OUTRAS MUSICAS, CRIE A SUAS PROPRIAS...

PRODUZA REMIXES COM NOTAS, BAIXOS, PRODUZA COM QUALIDADE E TORNE O SEU REMIX PROFISSIONAL.


E COMO QUE FAÇO PARA ADQUIRIR?


ENTRE EM CONTATO : DjKituty@hotmail.com


NÃO PERCA TEMPO E PEÇA JA O SEU KIT, E PRODUZA SUAS PROPRIAS VERSÕES!!

VEJA A LISTA DE alguns dos PROGRAMAS QUE SERA ENVIADO:

PROGRAMAS:

Fruity Loops Studio 9 -Completo
VIRTUAL DJ 6:
100 Efeitos, 100 skins extras (peles) 120 amostras
DJ eJayMixStation 3FEAT.VIRTUAL DJHOME EDITIONVIRTUAL DJ 5REV PRO 7VIRTUAL DJ 4.3.R12 EM PORTUGUESVIRTUAL DJ 4,2 EM PORTUGUESAtomix MP3 2,3Virtual DJ Studio 5,3Rockit Pro DJ 4MixMeister Fusion 7.0.8CLUB DJ PRO 2.1.4PIONEER DJ Pro 1.2BPM STUDIO PRO 4,9PCDJ RED 5,1OTS DJMOBILE PRO DJ 1,3Traktor DJ Studio2,6LAD DJ 1.2.5Deckadance 1.20.5MixMeister Pro6ABLETON 7.0.2 LIVEFluity loops Studio 6 e 9Acid Pro 7.0 e Muitos Outros...

PLUGINS VST´S:

Selecionei só os melhores:


Albino V3






Sylenth1







Vanguard





e outros...


MSN : DjKituty@hotmail.com E RESERVE JÁ O SEU KIT ... clique  no botão abaixo e compre  com o pague seguro .(dispensa comentários)



O  frete é  grátis para  todo  o BRASIL ... APENAS R$ 49,90












Vídeo não pode ser exibido.


ou  através do Mercado Pago :


























CURSO SOUD FORGE 7.0 EM PORTUGUÊS

Sony Sound Forge é considerado um dos mais poderosos — se não o mais — programas para edição de áudio. O Sound Forge é um aplicativo eficiente que permite aos usuários gravar sons, mixar canais, adicionar efeitos e masterizar faixas de até 32 canais de áudio.
Quando o assunto é melhoria de qualidade, o Sony Sound Forge mostra-se uma excelente opção para correção de falhas. O programa consegue converter canais (transformar 5 canais em 2 ou estéreo em mono), adicionar Fade (in e out), inverter determinada parte da faixa de áudio, normalizar o nível de volume, regular o tempo da faixa e muito mais. O Sound Forge Pro permite realizar todos estas funções com uma prévia imediata do conteúdo, o que facilita e poupa tempo do usuário.
Então você que quer aprender a editar , mixar e remixar , não pode perder mais tempo, chegou a hora ...

Curso em cd , excelente curso...


No cd , contém : (o curso em vídeo aulas todo em em português) + O SOFTWARE SOUND FORGE 7.0 ( programa ) COMPLETO
PARA ADQUIRIR , O CURSO ( VIDEO AULAS ) + O SOFTWARE COMPLETO, É FÁCIL :

Pastora Ludmila Ferber canta com Padre Fábio de Melo no Domingão do Faustão, assista na íntegra!

O programa deste domingo começou com um encontro musical pra lá de especial. Subiram no palco do Domingão para cantar juntos, Padre Fábio de Melo e a Pastora Ludmila. Em suas canções que falam de paz e amor a Deus, os cantores emocionaram a plateia, que também fez perguntas aos religiosos. Eles responderam à polêmicas como: cantadas de mulheres, cachê dos shows e casamento dos padres.




Apóstolo Proíbe uso de USB por ser 'Símbolo do Diabo'

Uma igreja evangélica localizada no interior de São Paulo, inseriu em seus cultos a proibição do uso de qualquer tecnologia USB pelos seus fieis. O motivo? A igreja alega que o USB carrega um símbolo que prega apologia ao demônio.



O apóstolo Welder Saldanha, fundador do Templo Evangélico, declara que o USB representa um símbolo de satanás e não deve estar presente em lares critãos.






Em suas palavras: “O símbolo daquilo [USB] é um tridente, que é usado para torturar almas que vão para o inferno. Usar um símbolo daqueles apenas mostra que todos os usuários dessa pífia tecnologia são de fato, adoradores de satã”, elucida o apóstolo .





Por conta dessa medida, os fieis foram instruídos a trocar todas as conexões USB por conexões comuns ou Bluetooth, que segundo Saldanha foi pertimida, já que “Azul era a cor dos olhos de nosso salvador Jesus Cristo”.

sábado, dezembro 04, 2010

Traktor Kontrol S4



O software Traktor Pro S4, vendido juntamente com a controladora

Traktor Kontrol S4, representa o que há de melhor em discotecagem digital, apresentando novas funções bastante úteis para os profissionais. O novo software apresenta dois decks adicionais para samples, podendo conter 4 samples diferentes em cada um. Cada canal tem também filtro e nível de

volume próprio. Vem junto com o Traktor Pro S4 samples da Loopmasters, divididos por

estilos e prontos para usar com o software.

A controladora MIDI Traktor Kontrol S4 tem total integração com o Traktor Pro S4, não precisando de mapeamento MIDI. O usuário tem todas as funções do Traktor já mapeadas, como:

- Quatro mixers de 3 bandas de freqüência, com controle de filtro em cada um.

- Quatro faders de volume dos canais.

- Dois Jog wheels sensíveis e precisos.

- Cue points e disparo de samples do sample deck.

- Gravação de loops ao vivo.

- Sync automático

- Seleção de músicas e samples através da controladora.

E muito mais! Com a Kontrol S4 você pode realizar todas as suas ações através da controladora, que ainda apresenta a menor latência do mercado, o que significa que cada movimento será correspondido pelo software.

A controladora também vem com placa de áudio interna, com a qualidade excepcional das placas da Native Instruments. Há também entradas de áudio para toca-discos, que deverão funcionar com as versões futuras do Traktor S4.

A Kontrol S4 tem alimentação por tomada, mas pode também ser utilizada em modo de alimentação via USB, reduzindo um pouco o brilho dos Led’s e o volume do fone de ouvido.

Apesar de ter sido desenvolvida para o Traktor, você também pode utilizar a Kontrol S4 com outros softwares e fazer o mapeamento MIDI de cada parâmetro. Aliás, o mapeamento também pode ser refeito no Traktor S4, a partir da preferência do usuário.

Abaixo um vídeo de demonstração do que um bom DJ é capaz de fazer com a Traktor Kontrol S4.

terça-feira, novembro 30, 2010

Família axiom 25 / axiom 49 / axiom 61

Mobilidade: A série Axiom é extremamente compacta e de peso reduzido e todos os modelos são alimentados via porta USB do computador. Escolha o tamanho que atende a suas necessidades e mostre sua criatividade com estes incríveis controladores.

Ação Total: A série Axiom de controladores móveis USB MIDI tem tudo o que é necessário para controle sobre os principais parâmetros MIDI de seu programa e equipamento. A ação semi pesada de suas teclas e aftertouch proporcionam a pegada tanto para gravar partes de sintetizadores como de pianos. 8 pads emborrachados colocam a programação de grooves de bateria ao alcance de seus dedos ou acionamento de arquivos e efeitos visuais para VJs.

Controle MIDI Total: Programe os 8 botões giratórios como controles de balanço e envio de efeitos ou qualquer outro parâmetro de sintetizador que queira controlar, controle a modulação e pitch, Axiom conta ainda com entradas de pedal de sustain e expressão. Programar controles é relativamente simples e preciso, cada controle pode ser combinado a qualquer parâmetro MIDI específico, incluindo um canal independente. As possibilidades são limitadas apenas por sua imaginação.


Todos os controladores Axiom MIDI contam com um visor LCD de tamanho considerável para retorno visual. Você também encontrará 9 botões dedicados no painel frontal para comandos como mudança de preset / programa ou canal MIDI canal +/-, oitava +/-, e tranposição +/-. Use o botão silenciador de controle para prevenir qualquer interferência quando da mudança de programação. 20 posições para memórias não voláteis salvam e chamam seus presets favoritos—e você ainda poderá usar seu computador via SysEx e o programa Enigma editor/librarian para gerenciar um número ilimitado de setups pelo computador.



Axiom 25 M-Audio: Não deixe o tamanho compacto de Axiom 25 enganar-lhe, este teclado controlador avançado de 25 teclas USB MIDI apresenta tanto teclas com ação semi-pesada quanto afertouch programável além de 8 pads emborrachados colocando a programação de grooves de bateria ao alcance de seus dedos . 8 botões de controle giratório de movimento infinito trazem a suas mãos o controle de parâmetros de sintetizadores. 6 controles de transporte podem ser associados a outros controles MIDI. Virtualmente qualquer controle é MIDI programável—e o visor em LCD torna a programação fácil e intuitiva. Conte ainda com 20 espaços para memorizar setups e o programa Enigma editor/librarian para gerenciar um número ilimitado de setups pelo computador.

AXIOM 49 M-Audio: Este teclado controlador avançado de 49 teclas USB MIDI apresenta tanto teclas com ação semi-pesada quanto afertouch programável além de 8 pads emborrachados colocando a programação de grooves de bateria ao alcance de seus dedos . 8 botões de controle giratório de movimento infinito trazem a suas mãos o controle de parâmetros de sintetizadores. 6 controles de transporte podem ser associados a outros controles MIDI. Virtualmente qualquer controle é MIDI programável—e o visor em LCD torna a programação fácil e intuitiva. Conte ainda com 20 espaços para memorizar setups e o programa Enigma editor/librarian para gerenciar um número ilimitado de setups pelo computador.



AXIOM 61 M-Audio: Este teclado controlador avançado de 61 teclas USB MIDI apresenta tanto teclas com ação semi-pesada quanto afertouch programável além de 8 pads emborrachados colocando a programação de grooves de bateria ao alcance de seus dedos . 8 botões de controle giratório de movimento infinito trazem a suas mãos o controle de parâmetros de sintetizadores. 6 controles de transporte podem ser associados a outros controles MIDI. Virtualmente qualquer controle é MIDI programável—e o visor em LCD torna a programação fácil e intuitiva. Conte ainda com 20 espaços para memorizar setups e o programa Enigma editor/librarian para gerenciar um número ilimitado de setups pelo computador.

E a M-Audio ainda nos presenteia com a série PRO. Assunto para um outro post, bem pró!

VIRTUAL DJ 7...MUITO MAIS DO QUE VC IMAGINA ...


Tão popular entre amadores quanto rejeitado por profissionais, o VirtualDJ é a principal porta de entrada na discotecagem para muitos DJs. Foi a minha, por exemplo.
Conheci o programa há seis anos e foi ali que comecei a entender o que fazia um dj, o que era mixar uma música, o que era um sample, efeitos, etc. Posso dizer que foi meu primeiro passo.
Desde então não utilizei mais o software, mas quando me deparei com a nova versão percebi que estava tudo igual, com a mesma cara, porém seguindo as novas tendências tecnológicas apresentadas em outros softwares.
Um pouco sobre o VDJ
A interface simples, facilidade na escolha das músicas, sincronização visual, efeitos e samples “na mão” fazem do VirtualDJ a melhor opção para quem quer ingressar no mundo dos DJs.
Para adicionar uma música ao Deck, basta arrastá-la para os discos. Para sincronizá-la com outra musica basta acionar a tecla Sync. Você também pode fazer Loops à partir de um ponto de início e outro de final ou utilizar os compassos pré-definidos.
Efeitos e samples estão no deck, você pode escolher um para cada deck e alterá-lo a hora que quiser ou pode acessar a interface própria, uma de efeitos e outra de samples, para definir parâmetros mais específicos ou para ter maior quantidade à disposição. Também é possível gravar seu set de forma rápida.
É possível também marcar pontos da música com Cue, alterar o Bpm, visualizar o Bpm exato, utilizar o mixer de 3 bandas, simular scratchs, sincronizar vídeos… E isso é só uma introdução, tem muito mais!
O que há de novo?
Como eu não usei as últimas versões, pesquisei na internet em sites de reviews (que deram bastante importância para a atualização) e no site do fabricante quais as novidades da versão 7, além de ter testado pessoalmente. Então ai vai:
- Jeff Mills: É Possível trabalhar com até 99 decks diferentes. Claro, você provavelmente não vai usar, mas é possível criar um remix com vários loops de várias músicas em minutos e exercer sua criatividade de forma intuitiva.
- Rewire: O protocolo Rewire também faz parte do update, o que quer dizer que você pode controlar o Ableton Live e o Reason, por exemplo, através dos decks do VDJ.
- Line-in Inputs: Se você quiser trabalhar com áudio de hardwares ou instrumentos também é Possível com o VDJ 7, basta ligá-lo na placa de som e adicioná-lo a um deck.
- Precisão e qualidade: A simulação de scratchs é boa (melhor que de vários CDJs) e a ferramenta Master Tempo funciona muito bem quando se altera o Bpm consideravelmente.
- Organização: Você pode criar pastas, sub-pastas, favoritos, enfim, é possível alterar pastas de seu HD de dentro do próprio software, basta clicar com o botão direito do mouse.
- Controladores Midi: Além de termos controladores desenvolvidos exclusivamente para o VDJ, como é o caso dos tudo-em-um da Numark (no post, o Mixtrack Pro e o iDJ3), podemos utilizar mais de 80 controladores pré mapeados para o VDJ. Todos os principais controladores do mercado, se não mapeados, podem ter seu mapeamento feito de forma individual, mas você vai ter que achar um bem obscuro para precisar fazer isso…





Dica: todas as configurações podem ser feitas através do botão Config, no canto superior direito do software.

Legal! Onde eu acho?
Você pode comprá-lo no site oficial ou fazer um download gratuito, mas tem algumas limitações, como não poder usar controladores midi. O software é para Mac e PC.

domingo, novembro 21, 2010

FOTOS DA FESTA BREGA GOSPEL 20/11/10

Fala moçada de CRISTO , tudo na santa paz ?
fechando a agenda de 2010, devido ao nascimento do meu baby em dezembro, taí algumas fotos da festa brega gospel , promovida pela mocidade sal da terra e grupo el shammah ,da igreja batista MONTE SIÃO , com a participação especial do dj kituty ...
a festa foi muito bacana , o desfile brega nem se fala, pode dizer que fechei a minha agenda deste ano com chave de ouro, muito bom mesmo...foram momentos marcantes que passamos juntos na festa brega gospel ...







valeu IBAMONSP, essa com certeza é a primeira de muitas ...

valeu demais , DEUS ABENÇÕE !!!

quinta-feira, novembro 18, 2010

ASSUNTO MUITO POLÊMICO :MENSAGENS SUBLIMINARES :

VEJAM OS VÍDEOS ABAIXO E TIREM SUA S PRÓPRIAS CONCLUSÕES :

MENSAGENS SUBLIMINARES SATANICAS O SEGREDO DE RAGATANGA

http://www.youtube.com/watch?v=QubKjgtE1iE

Mensagens Subliminares Pica Pau

http://www.youtube.com/watch?v=DJA9sQ7ycks&feature=related

Disney e Satanismo - Subliminar - Pastor Josue Yrion

http://www.youtube.com/watch?v=197wJSbSBbs&feature=related

Ex. bruxo Tio Chico em Rio Claro-SP parte 02

http://www.youtube.com/watch?v=lvT8P7qjL0w&feature=related

EKI-depoimento ex bruxo tio chico video 5

http://www.youtube.com/watch?v=cfmiA408pr8&feature=related

Marina de Oliveira vence o Grammy Latino 2010


Acaba de sair o nome do vencedor da 11ª edição do Grammy Latino 2010 na categoria Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa: Marina de Oliveira, com o CD Na Extremidade (MK Music). Esse é o primeiro Grammy Latino conquistado por Marina, que foi indicada no ano passado com o CD Eu Não Vou Parar.
A categoria em que ela concorreu foi criada no ano de 2004. Marina de Oliveira foi a Las Vegas com outros dois indicados da gravadora: Bruna Karla e Kleber Lucas. Todos a parabenizaram e comemoraram ao receber a notícia. Na mesma categoria concorreram ainda Paulo César Baruk, Soraya Moraes, padre Zezinho e a banda católica Rosa de Saron.
O prêmio foi um reconhecimento da Academia Latina de Gravação (Laras) pelo CD Na Extremidade, lançado este ano. Para a música gospel brasileira teve um gostinho de homenagem por tudo que Marina fez pelo segmento ao longo desses quase 25 anos de ministério. “Gostaria de agradecer ao meu Deus por ter sido a fonte de minha inspiração nestes 25 anos como cantora evangélica. Gostaria de oferecer este Grammy a minha família, a minha mãe principalmente. Também aos meus produtores, músicos, técnicos e engenheiros. E é claro à minha gravadora, MK Music e a todos que trabalham lá, por nunca terem me deixado desistir. Este Grammy é de todos vocês. Muchas gracias” agradeceu Marina, muito emocionada após receber o gramofone das mãos da apresentadora Barbara Palacios.
Marina está nos Estados Unidos desde sexta-feira (5) acompanhada por sua mãe e Presidente da MK, Yvelise de Oliveira, a Diretora Administrativa da gravadora, C ristina Xisto, e o relações públicas Laudeli Leão. A cantora caprichou na produção para participar da festa. O vestido em tom rosa claro com nude, da estilista Marta Macedo, da grife Martu, demonstrou o glamour que a ocasião pede. Todas as celebridades da música latina – gospel e secular – passaram pelo tradicional tapete verde da estrutura montada no Mandalay Bay Events Center, em Las Vegas.
Após o anúncio do resultado, Marina recebeu centenas de mensagens de congratulações pela internet: twitter, facebook, orkut etc. “Estou duplamente feliz: Pela minha filha Marina, que mereceu esse prêmio, e pela MK ter conquistado mais um gramofone. A MK trabalha muito, e o Senhor recompensou todo o nosso esforço. Parabéns Marina, parabéns a toda família MK, que se dedica com força e talento dia-a-dia para levar o melhor da música gospel ao povo de Deus”, declarou a Yvelise de Oliveira, após vibrar com mais essa vitória, o quarto Grammy Latino da gravadora .
Rogério Vieira, produtor do CD Na Extremidade, também falou sobre a conquista. “Estou perplexo, esse Grammy tem um sabor especial. Mais do que todos que eu já consegui. Agradeço a Deus por esse projeto e, se eu pudesse dedicaria ao Sérgio Menezes pela pessoa que ele foi nas nossas vidas. Não sei como agradecer a Marina e a dona Yvelise por essa oportunidade e por tudo que ela representa para nossa música no Brasil. Depois de tudo que aconteceu no momento que mais precisei, as duas sempre me estenderam a mão. Estou emocionado e sem palavras. Que vitoria linda”!
Fonte: Radio Itaperuna FM

Toque no Altar poderá voltar em breve


Desde o desligamento dos integrantes do atual “Trazendo a Arca”, o Ministério Apascentar de Nova Iguaçú, vem apoiando as gravações de seu ministério de louvor emancipado até então denominado “Apascentar de Louvor e Adoração”.
Ainda em julho deste ano, Davi Sacer volta ao Ministério Apascentar, Marcus Gregório anuncia em seu blog o quanto feliz ficou pela volta de uma de sua “ovelhas”, o Pastor dirigente e líder do Ministério em Nova Iguaçú também friza a volta não só de Davi como também Verônica Sacer, sua esposa.
Tudo isto citado acima até então não era nenhuma novidade, o que ninguém sabia era que os decorrentes fatos iriam colaborar para o projeto da volta de um Ministério de Louvor tão conhecido no Brasil: o Toque no Altar.
Segundo um próprio membro do Ministério Apascentar, Rafael Feijó seria um dos principais nomes, na verdade um dos principais produtores por trás desta grande idéia de trazer de volta o nome “Toque no Altar”.
Entre as novidades que se confirmam caso o Ministério de Louvor volte novamente -e tudo indica que sim- seria a reformulação do ministério e a criação de uma nova discografia para o grupo, Davi Sacer não foi citado à toa neste artigo ele aceitou e também iria voltar ao Ministério de Louvor como um dos solistas, só que diferentemente de antes, a prioridade dos solos e na liderança musical continuaria sendo de Rafael Bittencourt já que Davi possui seu próprio ministério e -como ele mesmo diz- diversos CDs solo pela frente.
Além disto um dos projetos que o grupo tem com o seu retorno seria um novo modelo de discografagem, onde as gravações seriam todas “Ao Vivo” e ambas para lançamento em CD e DVD e assim também como faz o “Diante do Trono” o grupo começaria novamente à fazer sua nova discografia com um modelo de volumes lançados anualmente.
As novidades são confirmadas até aqui, pelo próprio Rafael Feijó em seu perfil oficial no orkut. O site http://www.toquenoaltar.com.br/ também está anunciando para todos o retorno do grupo.
Agora só o que resta é esperar para ver quando irá se confirmar a volta do Ministério de Louvor Toque no Altar de Nova Iguaçú.

quarta-feira, novembro 10, 2010

Ludmila Ferber, lança CD “Canções Inesquecíveis” pela Som Livre


A Som Livre faz um resumo da carreira artística da Pastora, reunindo em um único CD seus maiores sucessos, como “Ouço Deus me chamar”, “Canção do amigo”, “Tempo de cura” e “Os sonhos de Deus” (essa última é uma das canções de maior sucesso no universo gospel). Apelidada como “a profetiza que canta”, a Pastora Ludmila Ferber tem como marca registrada a adoração profética. Há mais de 15 anos no segmento gospel, suas composições vêm sendo cada vez mais requisitadas pela comunidade evangélica. Seus CDs têm repercutido em inúmeros testemunhos de cura, consolo, ânimo e fé para pessoas de todas as classes, raças, etnias e idades. Em “Canções Inesquecíveis”
Faixas

CD Ludmila Ferber – Canções Inesquecíveis
1. Ouço Deus Me Chamar
2. Canção do Amigo – Ao Vivo
3. O Verdadeiro Amor – Ao Vivo
4. Tempo de Cura
5. Unção Sem Limites
6. A Doçura do Teu Falar
7. Os Sonhos de Deus
8. Ouça e Tome Posse – Ao Vivo
9. Nunca Pare de Lutar – Ao Vivo
10. Aguenta Firme – Ao Vivo
11. Maior É Jesus – Ao Vivo
Fonte: Som Livre

CD “Marcos Goespel Remix”

É parece que a música eletrônica está tomando conta do cenário gospel ...
Começou a contagem regressiva para o lançamento do CD Marcos Goespel Remix, que ocorrerá no dia 13 de novembro, com uma festa no Cassino Bangu, no Rio de Janeiro. Como aquecimento, o Ministério Marcos Goes disponibilizou quatro das 12 faixas do disco para audição: Autoridade e poder, Quero estar, Eu conto os dias e Princesa. Para ouvir, basta acessar a página principal do site.



Também no dia 13 de novembro, os usuários cadastrados no site poderão fazer o download gratuito de todas as músicas, nos formatos MP3, WMA ou WAV. Mas quem preferir poderá adquirir o CD físico, ao preço de R$ 17,50. Já o playback custará R$ 20. Ambos estarão em pré-venda na loja do Ministério Marcos Goes a partir de 8 de novembro, com uma promoção: se comprados juntos, os dois CDs sairão por R$ 30 (R$ 15 cada).O CD Marcos Goespel Remix traz grandes sucessos de Marcos Goes em ritmos como música eletrônica, funk e pagode. Participam do disco os MCs Erick, Leozão e Diego e o Grupo Pragod Rio. Os arranjos foram feitos pelo DJ Pezão ...
fica aqui a dica...

DEUS abençõe !!!

sábado, outubro 30, 2010

FESTA BREGA IBAMONSP

Fala moçada,tudo certo? na paz e na graça de CRISTO ?
fetsa bacana a vista moçada , dá só uma olhada no banner abaixo :



*Só lembrando que cada ingresso, já incluso nele , te dá o direito a 1 hot dog ,copo de refri , 1 salgado e 1 pururuca , que moleza, heim ?
venha, paticipe , além de muita coisa gostosa, terá o sorteio da melhor fantasia brega, além de muitos brindes e brincadeiras com a galera ...
você não vai ficar fora dessa vai, garanta já o seu ingresso, lote limitado ...
maiores informações : (31) 8859.8349
até mais ...
DEUS abençõe !!!!

quarta-feira, outubro 27, 2010

André Valadão: "Eu não matei o Pai de Santo!"

Testemunho do Cantor André Valadão sobre o poder de DEUS ...
confere aí ...

parte 01:



parte 02 :

QUEM NÃO VIU , ..DIANTE DO TRONO NO FAUSTÃO ...

Paz e graça moçada , tudo bem ?
bom para quem nãoviu,está aí, Diante do trono ,Ana Paula Valadão e banda no domingão do Faustão,ao vivo, dia 24/10/10 ,uma benção...


Em meio aos comentários toscos do Faustão, a ANA não perde tempo para falar do amor de DEUS em rede nacional,( confira no vídeo - 05 39' ) muito bom mesmo, o ministério Dt dispensa comentários ,parabéns Ana Paula e banda ,sucessos sempre, propagando o amor de deus em todo o mundo ...




DEUS abençõe , até mais ...

terça-feira, outubro 19, 2010

ASSISTA ON LINE O FILME - O PASTOR

O ex-condenado Armstrong Cane (Ving Rhames) retorna ao bairro em que morava, como um homem mudado, que quer assumir a velha igreja e congregação de seu pai. Mas a vizinhança está tomada por drogas e gangues. Os que conseguem, mudam-se para áreas mais prósperas e passam a seguir um esperto pastor (Ricardo Chavira). Mas mesmo com um perigoso chefe de gangue (Dean McDermott) ameaçando seu rebanho, Armstrong não desiste. Fortemente decidido, Armstrong prega a palavra de Deus a quem quiser ouvir, especialmente a Norris, um jovem prestes a cair numa vida de más opções. Eles mantêm uma ligação próxima e se esforçam para mudar, mas será que os pecados do passado voltarão para assombrá-los?



Áudio: Português
Legenda: Indisponível
Tempo de Duração: 1h40 min
Ano de Lançamento: 2008
Gênero: Drama
Qualidade: DVDRip


PARA ASSISTIR O FILME ON LINE ( CLIQUE AQUI )


CD DJ ALPISTE 2010- INVENCIVEL ...

Dj Alpiste despontou no final dos anos 80, como vigoroso e talentoso DJ da Black Music brasileira, no mercado secular, sendo um dos pioneiros do movimento Hip-Hop no Brasil.Após sua conversão, Alpiste teve a oportunidade de mostrar um rap evangélico quando ainda não existia o estilo dentro das igrejas e foi um sucesso!Hoje, no 9º CD de título Invencível, o cantor traz muitas novidades e participações especiais de Quelynah, Clovis Pinho, Cabal, JRG, EasyKaos, Afro X e outros. Além disso o single de trabalho é a canção "Não há barreiras", hit de grande sucesso nos anos 80 na voz de Álvaro Tito, quem participou também dessa produção.O CD Invencível chegará aos nossos ouvidos com letras típicas do Dj Alpiste, fortes como sempre e com rimas impactantes, falando sobre a realidade dentro da igreja e sobre ritmo contagiante chamado hip-hop.





MÚSICAS DO CD :

1. Meu Deus 2. Não Pega Nada3. Deixa Deus Cuidar de Você4. Legal Assim5. Não Há Barreiras6. Vivendo No Gueto7. Na luta Da Vida8. Meu Inimigo Tá Louco9. Esse Amor É Seu10. Ruas da Vida11. Assim Que Se Faz12. Todo Poderoso13. O Bang Loco

DOWNLOAD : ( CLIQUE AQUI)